quinta-feira, 26 de abril de 2012

Sobre o facebook.


Há alguns anos, no início do boom das redes sociais, da qual o orkut foi um grande precursor, admito que eu tinha uma grande resistência a elas. Houve uma época, em que não se falava em outra coisa, estava na boca do povo. Depois que os meninos nasceram, me vi perdida, com sede de informação com dois recém nascidos prematuros no colo, virei uma mãe 24 horas, e foi aí que quebrei meu próprio conceito. Talvez tb por insistência de amigos, e até mesmo meu marido, um antigo adepto deste site de relacionamento, e então comecei a fazer parte da imensidão virtual.

E então um novo mundo com novos horizontes se abriram para mim. Encontrei antigos amigos, reestabelecemos contato, fiz novas amizades, muitas delas levarei para o resto da minha vida e se tornaram 'real'. Aprendi muito em diversas comunidades, sobre temas diferentes, principalmente maternidade e relacionados. No orkut aprendi a cozinhar, a ser mais mãe, mais mulher, me amar. Me informei, troquei idéias com outras mães de prematuros, depois conheci as mães 'especiais', ouvi teorias, questionei, e muitas vezes mudei de opinião diante de bons artigos e argumentos. A força e influência destas redes, tais como twitter, é indiscutível.

Pouco tempo depois, ouvi falar de um tal de facebook. Seria uma nova moda?! Não na época, início de  2009, e criei minha conta, minha lista não passava de 50 amigos. Passei a entrar, para estar mais próxima de duas amigas queridas que moravam em outro país e eu morria de saudade. Passei a 'brincar' de Farmville, meu passatempo favorito em minhas noites insones de outrora. Mas logo, o facebook tb popularizou, como seria esperado. Não que seja ruim, ao contrário. Acho ótimo. O acesso a tecnologia está cada vez mais viável, e é muito justo.

Hoje, muito se fala na "orkutização" do facebook. Outros vão mais além com palavras preconceituosas como "volta pro orkut oferenda", ou "orkut é coisa de pobre". Como se só quem pudesse ter facebook, fossem só ricos e/ou intelectuais. Faça-me o favor! Sinceramente ainda não entendi esta ligação. Mas o fato é, o que me fez chegar a começar escrever este post, é justamente os 'status' destas mesmas pessoas que usam o site de relacionamento para criticar postagens alheias, dizer como deve ser ou não ser usado, controlando a vida virtual dos outros. E para estas pessoas, tenho algo a dizer. 

Sinto vergonha alheia por vocês!

Tudo para mim não passa de uma grande contradição, isso para não dizer hipocrisia. O que mais vemos são postagens em tom de crítica sobre o que seus amigos postam, e indiretas infantis. Ora bolas. Vc só lê o que seus amigos postam não é mesmo!? Se são seus "amigos" como o próprio nome diz, o que eles estão fazendo ali no SEU perfil? Não seria mais fácil excluir, quem nada tem a te acrescentar, ou alguém que te incomoda!? Não gosta de receber solicitações de aplicativos!? Eu tb não! Basta bloqueá-los, qual o problema?! Ou mais. Acho que quem 'reclama' tanto das postagens alheias, simplesmente não sabem usar o site. Ou tem tempo de sobra. E por isso vou ajudar vcs.


Já ouviram falar em 'cancelar assinatura'?! 

Ou então em "ocultar publicações deste usuário"?! 

E até mesmo colocar como "restrito" alguém que não te interessa que esteja por ali?!

"Bloquear" perfil, tb pode ser uma ótima idéia!

Fica feio. Pega mal. A liberdade de expressão deve ser respeitada, assim como todo ser humano merece respeito. Isso me parece um retrocesso, e não uma democracia. Não está satisfeito com o que teu "amigo" posta?! Passa para a próxima! Simples assim! Uso "aspas" na palavra amigo, simplesmente pq o facebook tem tanto poder, que até mudou o significado dela. Em meus primórdios tempos, amigo era outra coisa...

Agora, vamos pensar de outra forma. Vc agiria assim se não tivesse 'escondido' atrás de um avatar. Como seria no cara a cara, olho no olho. Vc teria a mesma coragem de dizer o que pensa desta forma sobre as atitudes e pensamentos de outros!? Duvido. Esta segurança por trás de uma tela, para mim significa covardia. De perto, são todos iguais.

O facebook está virando um festival de antipatia virtual. Pessoas que antes tinham minha admiração, hoje perdem credibilidade comigo, simplesmente por fiscalizar a conduta alheia, com sarcasmo, ironia, arrogância. Seus contatos do facebook pode ser dividos em grupos, não é preciso perder seu tempo mandando indiretas ridículas aos outros. Ninguém é melhor do que ninguém, não é preciso provar que vc é mais inteligente pq não posta frases prontas (de autoria na maioria das vezes duvidosa é verdade), e mais rico, ou mais fino, pq usa instagram e o outro não. Exibicionismo existe em todo e qualquer lugar!

O mundo está tão do avesso, que um site de relacionamento que poderia estar aí para aproximar pessoas, informar, e entreter, está virando um duelo de achismos e ego. Enquanto Mark Zuckerberg enche seus bolsos com milhões de dólares, o povo brasileiro continua criando picuinhas sem sentido. Lamento informar, mas vc não é melhor do que ninguém pq tem mais de 1.000 contatos no facebook e se sentiu o tal pq deletou sua conta no orkut. Lamento tb dizer, mas não há diferença entre um e outro. Todos tem a mesma finalidade. E se continuar a esses passos, ambos tb terão o mesmo fim. Ao invés de unir, irão afastar as pessoas. E cutucada nenhuma irá segurar. 




Comentários
39 Comentários

39 comentários:

Juliana Ramos disse...

Acho tããããããão chato isso...
APOIADA!!!

bjo

Sylvia disse...

Ui amiga... arrasou hein? Pior que tem gente que posta tanta coisa que parece que ele é o dono da página e não a gente..rsrsrs... quando isso acontece eu simplesmente peço para não ver atualiazações e se não gosto da pessoa, para que tê-la em meus contatos? Só add quem eu gosto mesmo... adorei seu texto. Beijos mil

Tatiane disse...

Mari

Eu adorava o orkut mas tive que ir para o facebook por conta de ninguém mais estar usando o orkut.

Eu fiquei meio perdida no facebook, achei a privacidade pouca e para te falar a verdade não curto muito. Não gosto de expor a minha vida.

Estou cansada do que as pessoas escrevem, são coisas tão bobas e banais, colocam imagens toscas, coisas sem o menor sentido e o pior é quando um conhecido vai em uma festa sua e coloca as fotos e vc fica sem saber se todo mundo está visualizando ou não, outro detalhes tbm é vc mesma colocar fotos de alguma festa que realizou e depois algum conhecido que se acha amigo ficar chateado pq não foi convidado.

Eu já saí do facebook e entrei de novo, só continuo pq tem pessoas que eu quero manter contato e o mundo virtual é o modo mais fácil hoje em dia.

Beijos :)

Camila Carvalho disse...

tomei a liberdade de compartilhar (no facebook) seu post..rsrs
falei e dissee! não tiro uma palavra, como todos os seus posts, muito inteligente!

já seguindo
perolasdealanis.blogspot.com

Roberta Berrondo disse...

Onde Assina? Posso registrar em cartório?

Dani disse...

Difícil, né Mari?
Antes me sentia extremamente mal com quem falava de "orkutização", depois de muito ler, entendi que as pessoas falavam não porque são mais finas ou mais ricas que as outras. Mas porque o facebook antes da entrada massiva de usuários da outra rede, havia mais compartilhamento de links, de reportagens, de notícias, de música. Hoje em dia só compartilham frases de efeito e, ou, preces. Muitas vezes a impressão que tenho é de estar no púlpito de uma igreja. Já quase não há compartilhamento de nada interessante...

E sou adepta do cancelamento de assinaturas e as solicitações também são bloqueadas. Desde que adotei esse comportamento, as coisas ficaram mais leves.

Beijo

Rachel Rocha disse...

Apoiado! Respeito é a palavra! Inclusive às opiniões diferentes!

Jay disse...

Concordo plenamente com você.
Naturalmente a razão de ser do Facebook é ser uma rede social.
Então, se você não quer socializar com aquelas pessoas, não socialize.
Do mesmo jeito que você não convidaria para sua casa alguém de quem não gosta, não aceite no Facebook quem te incomoda.
Se já aceitou, exclua ou bloqueie. Simples, né?

Lu Novaes disse...

cadê o botão de CURTIR? hahahah
APOIO, ASSINO EM BAIXO...
Beijos

Rosana Francisco disse...

eu adoro fazer parte destas redes virtuais, mas concordo contigo, ja me chatiei demais com coisas que li, minha familia esta em crise hj por causa de bobagens que pessoas ficam escrevendo ali em seu mural, não tem a coragem que dizer na cara e ficam mandando indiretas maldosas pra mim..os valentes virtuais eu concluo, sao muitos assim,enfim, não sei ate que ponto vale a pena ser moderno nos dias de hj, meus pais eram felizes e nunca tiveram acesso a este mundo tao enganoso....bjossss e um dia feliz pra vc...Ro

Pandora disse...

Arrasou!!!! Concordo amplamente com cada palavra!!!

Carol Damasceno disse...

Mari concordo com a Dani...
O que eu acho o ó são as pessoas colocarem frases religiosas desafiando o outro a compartilhar como se isso fosse prova de fé... (sem criticar religião nenhuma)..

Acho que essas redes sociais o próprio nome já diz socializar.. Encontrar e reencontrar pessoas. Fazer novas amizades que possam sair da telinha.. Acho muito legal... Mas cada um é cada um né...
Tenho poucas pessoas adicionadas.. Só quem é muito próximo mesmo e as mamães que eu não conheço pessoalmente, mas que de alguma maneira eu admiro...
Mas como ser humano sempre gosta de disputar se é melhor ou pior na vida real, nessas redes não seriam diferentes, né???

Beijocas queridona... Apoiada!!! (desculpe, toda vez escrevo muito)
Carol

Ro e Vanessa Monteiro disse...

Face,orkut// Tô Fora!


Mari Queridona,tive orku e face por pouquissimo tempo. Na verdade,acho q as redes socias teriam o motivo de unir e conhecer pessoas,as o q se tornou,foi exatamente isto:festival de cutucadas e gente querendo ser elhor q a outra. Uma vez,lembro q uma blogueira colcou q quando uma pessoa escrevia algo errado,ela olhava pro teclado pra saber se a pessoa havia escrito errado ou se era burra mesmo!! 0.0
Gente!!! quem nunca escreveu algo rá´pido ou errado???!! eu teclado vive dando problemas!! Fiquei pensando em nao errar NUNCA ao mandar mensagem a ela e constatei dias depois q ELA ESCREVE ERRADO! Como pode cobrar algo de alguém se ela nao se policia??? Errar é humano! rs Enfim,vi q muitos de inha lista queriam apenas fofocar e q alguma amizades antigas nao valia tanto a pena #Triste Constatação

Deletei ambas as contas(pra tbm nao ter problemas com marido ciumento ) ;-) e salve meu amado Blog!!! \0/ \0/


Decepções? temos sempre,mas as alegrias sempre superam!

Bj nos filhotes amados
Bj em teu coração

saúde e paz


Ro

Glauh Pima disse...

Ai Mari eu concordo plenamente com vc...acabei excluindo uma conta minha e criando outra por conta dessas pessoas que eu não queria mas ver no meu face...Assim evito ler certos comentários...
E realmente o fim do facebook será ser o orkut...Afinal o povo é o mesmo né!
Bjus

Chris Ferreira disse...

Oi Mari,
muito bom o texto. Eu também aprendi muito no orkut e continuo aprendendo no FB. Não entendo esses preconceitos e essa relação de amizade cheia de críticas.
Beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Tatiane do Carmo disse...

Disse tudo Mari!!
Como sempre um texto maravilhoso.
Vou compartilhar.
bjs

Natália disse...

Oi Mari, concordo plenamente e essa foi uma das razões por eu ter fechado meu facebook. Já faz quase um ano e não sinto a menor falta. O pior é aturar a cara das pessoas me achando a ET quando digo que não tenho facebook! Alooou, a vida aqui fora ainda existe pessoal!!!! É como se eu fosse um fantasma por não ter o tal do "face" hehehe

às vezes isso me priva de certas coisas, como diversas promoções que vejo em blogs em que a pessoa além de seguir o blog tem que curtir um fan page, ou algo assim. Como não tenho face, fico de fora. Mas, fazer o que, foi uma escolha minha né?!

Excelente post, como sempre! Bjs!

Aline disse...

Estava pensando justamente nisso hj pela manhã passando pano no chão da minha sala,é tanto LIXO virtual e visual,q pensei:poxa o Orkut já está as moscas,só não excluí minha conta,pq minhas fotos estão lá,tão bem organizadinhas..tenho pena,pq a baixaria,e outras tantas picuínhas,e condenações alheias começou lá..e se continuar assim,simplesmente irei me afastar do face tbm,pq afinal de contas,os encomodados q se retirem,e eu estou ficando encomodada,tem pessoas q postam certas indiretas q tem vezes q penso ser pra mim...rsrsrrs

triste..

faço minha,suas palavras..um puxão de orelhas em grande estilo,clap..clap..clap..arrazou

Abraços..

Luciana - Descobertas disse...

Por isso q tou distante das redes.. Ontem mesmo estávamos eu e a tela do computador frente a frente e pensei: tenho mais o q fazer do q ficar lendo a vida alheia ou pensando sobre o q escrever da minha. Vou ler um livro q é nelhor. E fui. Concordo com a liberdade de expressao, mas sinto q o conteudo bom, sem preconceitos e desrespeito ak proximo precisa ser buscafo. E outr qdo li na epoca q Mark ta ganhando muuuuuuuito a nossas cudtas sem ele proprio nunca usar estes tipos de redes pq é antisocial, pensei em como somis bobos e estamis todos usando muletas para preencher algo q falta dentro de nós. Sei q é exagero nao posso generaluzar nem todos sao assim, mas a sacada do mark foi essa, ele sabia q as pessoas de falar de si e dd ler sobre as outras. Carencia afetivas q poderiamod tratar de outras maneirad. Bjs.

Anna disse...

Pois é, pra mim, chamar de orkutização a populirazação do facebook é o nosso velho conhecido preconceito social: se é popular, definitivamente não é pras "minorias formadoras de opinião".

E olha, se o amigo fica "flodando" a linha do tempo dele (isso mesmo DELE) com coisas que não me (MEEEEE) interessam, o que me resta? Vou fazer a patrulha ideológicca?

Não. Passo batido, simples assim!

beijos pra você

Marina Rocha disse...

Concordo, apoiada completamente, queremos nossos direitos de expressão.

beijos.

Daniela Castro disse...

Oi Mamãe Polvo... sabe que sou sua fã né?!
E mandei por e-mail um convite para que possa escrever um post para meu blog. Será que consegue?
Adorei esse post. Curti demais da conta! bjos Dani mãe da Sophia fã da mãe polvo!

Casa de Fita disse...

A D O R E I !!!
Ontem estava falando com minha neta sobre isso, ela fica reclamando do que os "amigos" postam e eu fiz essa pergunta pra ela: Mas ele não é seu amigo?
Também penso como você, não gosta bloqueia,exclui ou apenas rola a tela .
Beijos.
PS: Vou mandar pra minha neta seu texto.

beijos, Angela

Crys Leite disse...

Sou da seguinte opinião: o perfil é pessoal cada um escreve o que quer, se você não gosta não segue, não lê. A pessoas reclamam dessa ou daquela rede social mas, acabam de esquecendo que somos nós que a fazemos, se está chato, se baixou o nível, a culpa é nossa. Você constrói sua rede da maneira que você quer, se determinada pessoa posta coisas que você não quer ler, simples cancela assinatura. Vejo o facebook como um espaço de interação entre as pessoas, onde podemos trocar experiências, ideias, falar com amigos distantes, fazer novos amigos, contar piada e por ai vai. Pelo menos quando criei meu perfil não me perguntaram quais são meus rendimentos mensais, então não tenho pq me achar "cool" por fazer parte do "face". Gente mal educada, boba e aparecida tem em qualquer lugar é só saber filtrar. Beijos!

Luciana - Descobertas disse...

Oi Mari, não sei se meu outro comentário chegou aí para ti, mas eu queria complementar que por exemplo uma ciosa que me preocupa no usso das redes sociais é a exposição de conteúdos inadequados tipo/; semana passada vi no perfil que uma pessoa que eu ia adicionar que el tinha assistido ao um vídeo de estupro de uma adolescente num tal de Metacafe e ontem meu marido me mostrou que uma pessoa que ele tem entre os amigos dele tinha assistido a outro vídeo nesse Metacafe e a imagem que aparecia no face era dos grandes lábios da vulva aberto...o.O

Tipo assim o que é isso? É para ignorar, curtir, descurtir? Eu, particularmente descurto e não adiciono essas pessoas e não gosto de jeito nenhum de saber que existe muito mais coisa feia sendo postada, mas se ninguém diz nada continuarão postando.

Bjos

Fabiana Alvim disse...

Mari, depois de cancelar várias assinaturas, bloquear usuários e restringir um monte de acessos decidi excluir minha conta do fb.
Cansei. Essa é a verdade. Cansei de me chatear, de ver as pessoas muito inspiradas em espalhar medo, terror, tragédia. Além de todas essas intrigas cansativas que vc relatou muito bem! Sinto falta de saber dos verdadeiros amigos... de ver suas fotos e acompanhar o carinho das pessoas no meu álbum. Mas posso dizer? Isso tem me aproximado mais dos amigos no mundo real e tem me sobrado mais tempo para passear nos blogs e tornar a cativar os amigos do mundo virtual. Ah! Passei a usar mais meu e-mail de novo!rsrs
Beijos

Maria Lúcia Marangon disse...

Que texto ótimo! Parabéns! É isso mesmo!
Abraços!

Trícia disse...

A internet é um 'treco' muito bom, se você souber explorar e usar da melhor forma. Se formos dar ouvidos para tudo quanto é besteira que rola por aqui a gente nem começa a navegar na net.

Concordo com tudo que você falou Mari...basta saber usar seja o orkut, facebook, twitter, myspace, msn ou o que for a SEU FAVOR!

Vamos ser felizes, simples assim! Xô povo chato que existe em qquer lugar deste mundão de meu Deus. Na rua, na chuva, na fazenda ou na rede social mais perto de você!

Bjocas flor!

Paulinha disse...

Disse TUDOOO! Faço das duas as minhas palavras. Odeio essas picuinhas virtuais!

Super beijo.

Coisas de Tássia disse...

Mari, amei seu post, disse tudo é exatamente assim que penso!

Bjos

Um espaço pra chamar de meu disse...

Eu acho esse povo muito chato, nunca tive orkut, então nem posso falar nada de orkutização,rsrsrsrs, eu mal consigo dar conta da minha linha do tempo quanto mais em ficar tomando conta das postagens alheias, tem sim gente que enche a paciência com imagens e mensagens, mas eu deixo pra lá, vou ao que me interessa, já aprendi a colocar em restrito, não assinar e tal...
Tem muita gente assim no Twitter tbém, falando que o TT não é MSN e blá, blá, blá, mas e daí cada um sabe de si, não gostou unfollow ou "não sou mais seu amigo"... realmente no meu tempo AMIGO era outra coisa...
Grande bj, lindona!!!!!!

Lola disse...

hahahahaha Eu sou uma que falo QUE EU TINHA YORKUTE, AQUELA REDE SOCIAL DE POBRE, justamente pra tirar sarro disso tudo aí que vc escreveu Mari.
Explico: Eu tinha orkut e adorava! Achava que lá (como agora com o twitter, instagram e face) eram o meu psicanalista virtual e baratinho, pois eu escrevia o que pensava, critivcava o que eu achava que deveria ser criticado, colocava a minha opinião, seguia quem eu queria seguir e fazia as minhas piadas de sempre. Mas eu permitia no meu perfil de orkut, todos os familiares possíveis: os bons e a grande maioria, ruins. Sabe aqueles que lê o seu orkut, interpreta de forma contrária tudo aquilo que vc escreve e ainda pega uma vírgula e propaga pro mundo como se fosse vc a Judas Scariotis??? Então...deu tanta confusão que saí do orkut. Hoje aprendi que certas pessoas a gente não tem mesmo que ter nas redes sociais, mesmo que seja sua amiga de porta ou sua mãe. Se ela não vai entender o que vc escreve, achar suas piadas idiotas ou até usar isso pra te foder, melhor ficar incógnita, não ter perfil em rede social ou fazer como eu: adotar um apelido e não ter quase ninguém que convive comigo no dia a dia e que pode me prejudicar. O twitter é a minha praia: lá tiro sarro e posso rir demais com os outros. O face está ficando chato. Por isso que brinco que estão orkutizando o face, pq tá ficando daquele jeito em que comecei a odiar o orkut. rsrsrsrs
Sorry pelo mega big texto!!!
Bjs

Beth/Lilás disse...

Oi, Mari!
Você foi muito bem em sua análise sobre as redes e as pessoas que nelas passeiam.
Interessante que eu quase não entro no Face, mas vi você lá noutro dia e deixei recadinho, você viu?
um grande abraço, carioca

Monalise Nogueira disse...

Mari deveriam criar um manual de etiqueta para facebookianos né??? kkkkkkkkkk

Beca Bricio - Mulher que pariu disse...

Maricota!!!!!!!!!!!!!!

fala sério, que texto Phoda.

tbm não consigo entender o pq de tanta picuinha. tenho bastante contatos no meu facebook. tribos diversas. uff, 2colégios, time, partido, blog, ex vizinhos... não sou 100% de acordo com todos. Mesmo assim, não sou o tipo de pessoa que sai impondo minhas opiniões em tudo. Um saco isso.

Luma Rosa disse...

Nunca tive orkut e comecei o facebook por causa do blogue, a minha fan page é pública mas o meu perfil é privado e só aceito como amigo quem tenho algum tipo de afinidade. Não gosto de gente aparecida ou engraçadinha. Frequento pouco e talvez por isso não veja esse tipo de descriminação. Mas tenho uma amiga que faz do facebook dela um pedacinho do inferno. Ela embirra com alguém e bloqueia. Depois arrepende e a pessoas chateada não a aceita mais como "amiga". Outro dia pediu para que eu limpasse o facebook dela porque estava cheio de "carinhas pulando". Ela é fuça e faz monte de besteiras tanto nas redes sociais quanto no blogue, mas não vejo maldade - ela tem mania de perseguição - talvez seja um pouco psicótica. Estou citando essa amiga, porque na internet vemos muitos psicopatas e pessoas solitárias. Pessoas que fazem do mundo virtual, o principal do seu dia a dia.
Muito boa análise! Beijus,

Marina Breithaupt disse...

Mari!! Vc sempre com um post certo na hora certa!!
Concordo com tudinho!! Tá virando um campo de batalha de ego.

Bjos

Marina Breithaupt disse...

Mari!! Vc sempre com um post certo na hora certa!!
Concordo com tudinho!! Tá virando um campo de batalha de ego.

Bjos

Cris Guimarães disse...

Um saco quem só fica reclamando e dizendo como os outros devem agir. Apoiada!!!
Eu costumo dizer que minhas contas nas redes sociais são MEU espaço. Não quero seguidores, quero amigos que compartilhem ideias, não que necessariamente concordem. Mas dizer o que eu tenho que postar no MEU perfil é demais. Normalmente, nem preciso excluir, pois a pessoa toma um fora tão grande que se ofente e ela mesma se exclui, kkkk.
Beijos!!